ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

domingo, 11 de setembro de 2011

FECHE OS OLHOS

Feche os olhos!
Mergulhe no abismo da escuridão, da solidão que às vezes é bem-vinda.
Não fale nada...só escute o silêncio, o som do íntimo...
de dentro para fora, não de fora para dentro.
Deixe fluir qualquer coisa de seu coração, há tempos ele não fala.
Porque nunca fecha os olhos pra falar consigo mesmo.
A visão nos cega, o óbvio escraviza.
Nós mesmos preferimos assim, criamos tudo isso.
E se criamos, podemos desfazer... é só fechar os olhos.
Você consegue ouvir a folhagem das árvores... o vôo da borboleta...
percebe até os insetos.
A brisa suave acaricia seu rosto... há tempos não sentia isso.
Veja como tudo ficou calmo.
Suas antenas naturais, seus instintos estão ligados, despertos.
Sinta à sua volta todas as coisas que não percebe de olhos abertos.
Não, não tente voltar atrás para recuperá-las.
São como as ondas do mar... vem e vão... vão e vem.
Apenas se prepare para a próxima onda.
Você agora é um barco... sua bússola é o sentimento.
Puxa, como é grande o oceano!
Seria assustador se não fosse lindo.
Agora você é um pássaro... altivo, festivo, voando alto olhando os seres lá embaixo.
Perde-se no horizonte, pousa nos montes, cruza o arco-íris, bebe das fontes.
Como é grande o céu!
Seria assustador se não fosse lindo.
Agora você é uma poesia, ou uma canção, cheia de notas e rimas, abertas ou em falsetes.
Dentro de você agora há um perfeito concerto.
Puxa, como é grande a inspiração!
Seria assustadora se não fosse linda.
De olhos fechados você é tudo, pode tudo num instante.
Pode ser flor... pode ser folha ao vento.
Pode ser palhaço, pode ser Peter Pan.
Pode ser menino, pode ser gigante.
Puxa, como é grande a imaginação!
Seria assustadora se não fosse linda.
Você abre os olhos... agora é um ser comum.
Na multidão, apenas mais um
que não escuta, só grita, que não afaga, só bate
que não planta, só arranca com mão destruidora
que buzina e acelera pra lugar nenhum.
Volta à vida normal,
que seria linda...se não fosse assustadora.

46 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Viajei no meu interior...

Bom domingo pra vc Carlos.

beijooo.

Gilson disse...

è Carlos, quantas vezes precisamos fechar nossos olhos. Tem um período da vida que uso para refletir a vida e chamo de Momento Aveztruz onde para para interiorizar tudo e refletir no que devo mudar.
Esse tempo de fechar os olhos é muito bom.

IT disse...

Poeta do coração existe um lugar onde ninguém pode dizer que não foi. A imaginação, devaneios, sentimentos...

É no lugar que viajamos de dentro pra fora. E nele, nos pertencemos e sentimos, criamos, é só fechar os olhos.....asas teremos.

Fechei os olhos... vi o poeta.Rs

Beijim de olhinhos fechados

✿ chica disse...

Quando fechamos nossos olhos, viajaaaaaaaaaaaaaamos! Lindo! abração,ótima semana,chica

Franzinha disse...

"Não fale nada, só escute o silêncio."

Lindo, lindo, lindo!!

ValeriaC disse...

Carlos que coisa mais linda estas suas palavras...de uma lucidez imensa...amei...viajei...muitas vezes é preciso que fechemos os olhos para "ver" melhor...
Boa semana amigo...beijos...
Valéria

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Carlos
A maioria tem medo do silêncio, pois tem medo de pensar, e pensar as vezes exige mudanças e poucos querem mudar.
Preparado para a segunda divisão? rsrsrs
Grande abraço

Vinicius.C disse...

Isso que eu chamo de viajem muito bom meu amigo!!

Espero que tenha um ótimo inicio de semana!

Espero por você no Alma!

Marlene disse...

muito lindo poeta poder viajar com voce por seu interior imenso e rico em sentimentos em poesia em virtudes
que lindo texto,amei!!! obrigada por compartilhar de coisa tão belas com
a gente um abraço linda semana cheia de muito boas energias bjs marlene

Amor feito Poesia disse...

"... E descobri que não tenho um dia-a-dia.
É uma vida-a-vida. E que a vida é
sobrenatural."

Clarice Lispector

Beijos & Flores! M@ria

AFRICA EM POESIA disse...

CARLOS

Só hoje vim aqui.
Não por "desleixo" mas porque a nossa amiga blogueira Lindalva veio do Brasil e foi um prazer recebê-la e estarmos juntas.

hoje tranquilamente
sento deixo um beijo e poesia...


OLHAR


Olhar doce...
Dá segurança...
Olhar meigo...
Ajuda a superar...
A vida...
A tristeza...
A solidão...
Mas...
Ao ver os olhos...
De verdade...
E de Amor...
Sentimos...
Que os olhos...
São mesmo...
O espelho da alma...

LILI LARANJO

1

claudete disse...

É meu amigo olhar para dentro faz um bem danado além de possibilitar que possamos usar as cores que quisermos para colorir nossa viagem.Abraços.

Secreta disse...

É isso que por vezes nos faz demasiada falta... fechar os olhos e ver tudo de maneira diferente.
Beijito.

Luciane Morais disse...

Uma meditação em poesia>>>
Linda...linda* Amei*

Mi amigo poeta...eu gosto de viajar assim...fechar os olhos e voar bem alto...só contemplando o vento...

Besos
Lu

Nilson Barcelli disse...

Cheguei até aqui já nem sei como, mas deve ter sido através de um amigo comum.
E fechei os olhos a tudo o que me cercava, pois fiquei preso à leitura das tuas palavras.
Resumindo, já vi que és um bom escritor.
Carlos, os meus parabéns pelo talento que a tua escrita revela.

Marly Bastos disse...

Sem imaginação a vida é tão sem graça!
Carlos, Freud diz que a gente devaneia o tempo todo, isso é um recurso para suportarmos as agruras e mesmice da vida.
Seu poema então segundo freud está certíssimo \o/!
Beijokas doces e lembre-se que agora tenho nova casa, é so clicar no meu nomezinho e voar até lá!

Sandra Botelho disse...

É poeta as vezes temos que nos recolher a nós mesmos...Nos ouvir, ouvir o nosso coração. Nos permitir meditar.
Lindo demais esse texto. Maravilhoso mesmo.Bjos achocolatados

Cristal de uma mulher disse...

Tudo o que escreve reflete vida como em um bosque com cheiro de verde.
As águas caminham ao encontro das pedras onde nascem...linda literatura

Te deixo um abraço

Talita disse...

Passando rapidinho para lhe deixar um beijo, e desejar uma linda semana!!!

Fica com Deus!!
tatapalavrasaovento.blogspot.com

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo poeta.

Viajei na sua viagem. É difícil encontrar palavras para elogiar, que façam jus à linguagem da sua alma.
O melhor é senti-las...

Obrigada pela linda postagem, e pela sua atenção, gentileza, e carinho.

Que Deus o abençoe e guarde.

Beijos.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite meu menino beija-flor!
Basta fechar nossos olhos para fazermos a viagem que queremos...
no nosso interior,e voltamos quando queremos...
bjsssssssssssssssss

。♥ Smareis ♥。 disse...

A viagem que podemos fazer com mais tranquilidade, é de olhos fechado. O interior só se vê assim. Eu gosto de fazer essa viagem sempre pra refletir
a respeito do meu "EU". BJS!
Smareis

Dja disse...

Sempre faço esse exercicio meu poeta que adorooo, ele que me faz reabastecer as forças e energias.
E lendo a sua poesia nossaaaa foi como fazer tudo de olhos abertos.
Adorei.

Beijos e um ótimo fim de semana, Primavera doce pra vc.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom alvorecer !
Depois que o bicho(vírus) se instalou no meu blog,me fechei e só hj que estou abrindo com uma postagem linda e emocionante.
Te convido a ir lá,depois passarei por aqui para fazer meu comentário...Tenha um dia fenomenal e de muita luz...
Grata pela amizade...Particularmente estava com saudades de viajar nesse universo,junto com vcs...por amar demais(sonhadora)todos.
Bjs para aquecer teu dia!

Secreta disse...

Nem sempre o silencio é mau!
Beijito :)

Esplendor da Criação disse...

Olá amigo!
Como é bom sonhar, viajar neste infinito poético, fechar os olhos e deixar -se levar por caminhos desconhecidos1 Bjs.

Sônia Amorim disse...

Boa noite, Participe do mês de comemoração de 1 ano de blog UNIVERSO PARALELO, mande por comentário um texto,poema, ou verso, e postarei durante o mês,
beijos

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom alvorecer !
Sabia que hj amanheci o dia com saudades de alguns amigos e de vc tbm por isso que vim deixar um abraço...
bjssssssssssss

"Voando com Borboletas" disse...

Oi Carlos,
Passei um período afastada do blog, mas estou voltando e com textos novos em breve.
Espero que volte a me visitar. Amo suas visitas e comentários.
Espero vc lá, ok?
Bjs
Borboleta

Secreta disse...

Passei para deixar um beijito...

"Voando com Borboletas" disse...

Que viagem este teu texto!
Gostei muito, muito mesmo.Principalmente qdo sugeriu q se pode ouvir o voo da borboleta...rsrss.
Andei sumida por uns tempos mas estou de volta e com saudades dos amigos que me visitavam, como vc.
Uma ótima semana com muita paz!
bjs
Borboleta

Severa Cabral(escritora) disse...

saudades viu !

Fatima disse...

Bjs pro cê Carlos!

Vinicius.C disse...

Olá meu amigo!

Eu não estava conseguindo postar comentários agora acho que sim.

Bom... um forte abraço e que você tenha um ótimo fim de semana!

O texto é ótimo!

Janita disse...

Olá Carlos.

Estive durante muito tempo sem conseguir postar comentários em vários blogues.
Uma contrariedade que já consegui superar.

Estou muito admirada com a tua ausência. Espero que esteja tudo bem contigo e com os teus.

Logo que possas regressa, para que ao fechar os olhos a vida normal não me pareça tão assustadora.
Beijinhos, amigo!

Janita

Sandra Botelho disse...

Oi amigo, to de volta...hehehehe! Consegui encontrar nesses bares da vida, sentada num cantinho, palida e triste, a minha inspiração.
Tomava um martine, e fumava um cigarro, nos olhos uma tristeza indolente lhe deixava a face vazia. Um barzinho mais ou menos, onde o cantor alcoolizado de olhos vermelhos cantava, Não se váaaaaa!. Quando ela me viu, do canto dos seus labios vi surgir um quase sorriso sabe? Daqueles que querem ,mais não querem sorrir?...Tirei ela dali, pelas mãos, a levei pra ver o mar, pra voar, pra sentir o gosto doce de um beijo e o sabor ardente dos desejos.
Aquela mulher que antes parecia farrapos voltou a se iluminar, jogou o copo fora, apagou o cigarro e voltou pra mim. Estamos nós duas lá no Meu Aconchego.
Te espero, por lá tá?
Bjos achocolatados

IT disse...

S A U D A D E S!

Por onde voa este beija-flor?

☼ღჱღჱღჱღჱ☼°\(ړײ)/°☼ღჱღჱღჱღჱ☼

Secreta disse...

Passei por cá para deixar um beijito...

Estrela disse...

Ôoo poeta! Sumiu? Esqueceu seus leitores blogueiros,foi?
Volta, pois é sempre um prazer ler o que escreves!
Bjão!

Vinicius.C disse...

Bom dia Carlos!!

Li duas vezes, uma foi pouco adorei!

Que você tenha um ótimo dia!!

Apareça no Alma- abraços!!

garoto cientista disse...

Ei meu amigo, que saudade. Passando pra deixar um grande abraço e desejar um ótimo final de semana.

Maria Cristina Gama disse...

Olá, Menino beija-flor"

Primeiramente quero lhe dizer que não tenho mais facebook, ele está desativado, por isso não tem me visto mais lá...

Acho que ele resolveu fechar os olhos para sentir tudo intensamente, sem a poluiçao visual que muitos deixam quando colocam lá coisas sem sentido...

Agora estou no meu trabalho, na hora do almoço e, fechando os olhos, me vejo lá fora, observando os pássaros que sempre cantam aqui perto da minha janela, são nossos... Nossos pássaros de estimação que são livres e nos encantam...

Agora posso ouvi-los sem vê-los e tudo se torna mágico.

Saudade de você!

Bjs
Chris

Janita disse...

Oh...Carlos,
será que esta bela e inspirada Ave, foi beijar-flores para outro jardim?

Espero e desejo, sinceramente, que esteja tudo bem.
Beijos com preocupação.

Janita

Anita disse...

Saudades desse poeta que nos faz sonhar com suas palavras.

Reflexo d'Alma disse...

Que encantador...
Um dia, uma hora
vou te mostrar uns versos do blog vermelho que falam do mesmo tema.
Gosto de estar só, fico muito pouco.
Gosto de ficar sozinha no escuro
e de olhos abertos...
ai ai.
Bjins entre sonhos e delirios

SOL da Esteva disse...

Carlos

Saber olhar, desde o interior, leva-nos a ver tudo como se gora magia; mas a Vida acontece do mesmo modo.
Só podemos (devemos) abrir os olhos quando estivermos, totalmente, em Paz.
Belo, Amigo.

Abraços
SOL
http://acordarsonhando.blogspot.com/