ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 23 de fevereiro de 2008

AQUELA RUA
















Nunca mais aquela rua
de jogo de bola na esquina,
de botões na calçada,
de onde a garotada olhava as meninas,
respeitava as senhoras, cumprimentava os senhores.
Passavam peões e doutores, mas, a rua era só nossa
a gritaria misturava noite e dia.
Nunca mais aquela rua de onde se ouvia o sino da igreja,
respeitando o senhor tempo.
Só que o tempo para o menino não é nada;
ele faz dele o que quer, como faz com a bola no pé.
As mães, penteando os cabelos da meninada,
preparando o almoço, preparando para a escola,
preparando para a vida.
Ah!O tempo... o tempo é covarde,
e às vezes arde a vontade de voltar,
mas, o tempo não é mais como a bola
que se faz o que quer com ela no pé.
É o senhor tempo!
Vez em quando volto lá. A rua ainda está lá...
mas, não é mais "aquela " rua.

NOTA: Saudades da "VITAL BRASIL"... aquela rua.

4 comentários:

martha barbosa disse...

Seu blog é lindo, sua poesia quase escorrega pela alma. Parabéns .meu blog é marthacorreaonline.blogspot.com

natureza disse...

Nunca mais... poesia de alma ardente, passado tão presente
linda!lindo...abraços

Parapeito disse...

belas palavras cheias de nostalgia...
Aquela rua...creio que todos nós guardamos no coração uma rua assim ...

Anônimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado