ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 3 de março de 2018

MELZINHO NA CHUPETA.


A cirurgia do Neymala vai ter transmissão ao vivo com Gavião Bueno... depois da novela. Como é mesmo o nome da novela? Esqueci... Ah... O outro lado do paraíso (ou seja, o inferno) Se o médico barrar a entrada, ele vai perguntar: “Pode isso, Arnaldo?” ao que Arnaldo vai responder: “Pode não. A regra é clara. A Rede Lobo pode tudo no Brasil”. O Gavião grita: “Haaaaja coração”. Aí vem o Nasa Grande: “Eu acho que o doutor podia cortar um pouquinho mais pra dentro, pro dedo dele não ficar muito feio. Não precisa ficar expondo cicatriz do rapaz”. O Gavião rebate (de praxe): "Se ficar cicatriz, ele pode fazer uma tatuagem em cima". E se ele chorar, a Bruna dá de mamar: Essa é a melhor parte.
Ah, e o doutor nem precisa declarar a cirurgia no imposto de renda, a receita perdoa, como perdoou os 250 milhões do Neymala. MELZINHO NA CHUPETA... deles. Nós não temos nem chupeta, temos que chorar sem consolo.
Nenhuma surpresa, é só o Brasil sendo Brasil.
=
( direitos da imagem: imgrum.org )

6 comentários:

✿ chica disse...

Adorei o bom humor inteligente. Aqui tudo vira circo e dá ibope! CREDO! abraços, chica

Acrescenta Um Ponto ao Conto disse...

Muito bom. Parabéns!

Convidamos-vos a ler o capítulo III do nosso conto "Voar Sem Asas"
https://contospartilhados.blogspot.pt/2018/03/voar-sem-asas-capitulo-iii.html

Saudações literárias

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde, Carlos! Muito bem adorei. Parabéns!

Hoje: "Poetizando... " Mar e a lua, fiéis ao nosso amor. (...Poetizando...)

Beijos. Bom fim de semana.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá Carlos!
Você me deixa rir.
Eu detesto Galvão Bueno e tão pouco assisto novelas da Globo,salvo as que me agradam que são de época,fora isso não curto nada!
A chica tem razão é tudo um circo.rs
Bjs e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Diná Fernandes de Oliveira Souza Souza disse...

Bravo, bravo poeta... adorei seu senso crítico... isso mesmo esses fdp são uns malas mesmo!
Desejo que seu findi seja leve e feliz, volto segunda pra ler as novidades do pós-op! kkkk
Abração Carlinho!

Andre Mansim disse...

Hahahahahahahaha, muito bom meu amigo!!!
Verdadeiro e muito bem humorado!

Parabéns!