ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quinta-feira, 6 de julho de 2017

CHAMA!


Vem com tua chama,
me chama para a cama, inflama
engole-me em teu vulcão
quero me encontrar na tua perdição.
Num labirinto do qual não quero mais sair;
só entrar,
até chegar a hora de a gente sorrir
nesse abraço, nesse laço
num gozo fatal.
Vem, meu bem, me faz imoral.
Vamos brincar de gangorra, de cavalgar, de vai e vem,
de entra e sai,
cúmplices nessa zorra, só nós dois, mais ninguém,
e pela noite a gente vai
é o desejo que determina,
e quando a gente pensa que termina
faz tudo de novo depois
e pede mais.. e mais.
Ah! Deliciosa essa chama que incendeia nossos ais!

==
( imagem  google )

6 comentários:

Rita Sperchi disse...

Lindo como sempre meu doce poeta que a chama
continue dentro de vc, assim lemos com amor
tudo que de bonito escreve parabéns .....
E aproveito para te convidar para
uma brincadeira, no meu Blog, vai gostar
espero vc

Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso poema!

Beijinhos, Carlos.

CÉU disse...

Olá, menino Carlos (rs)!

Agradeço sua visita e palavras gentis lá no blog. Ainda não estou voltando, mas te estou seguindo, tb.

Qto ao seu poema, olha que aqui há FOGO que arde e que se vê, e em dose dupla ou tripla, não sei (rs). Adorei te ler.

Beijos e bfds.

Vera Lúcia disse...

A todos os amigos:
A nossa querida Leninha se submeterá a uma segunda cirurgia (já prevista desde a primeira), nesta Segunda-Feira, dia 10.
Apesar da delicadeza do momento, ela se mantém tranqüila, confiante, em paz.
Além das orações e do apoio dos amigos aqui de perto, gostaríamos de contar com as preces de todos vocês que sempre a apoiaram em todos os momentos.
Que Deus recompense a cada um!
Vera Lúcia

ANNA disse...

Me ha encantado tu blog.
Te paso el mio si deseas visitarlo.
Gracias.
http://anna-historias.blogspot.com.es/?m=1

Helena disse...

Carlos, meu querido, passando para deixar-te um abraço aconchegado entre os sorrisos e as estrelas que teus poemas sempre deixam espalhados por aqui...
Quero também agradecer por todas as vezes que me visitaste e levaste as tuas preciosas palavras de incentivo, de apoio e solidariedade.
Que a vida sempre te sorria, e que a felicidade seja uma constante nos teus caminhos.
Um beijo do meu para o teu coração,
Leninha