ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

domingo, 21 de fevereiro de 2016

UM HOMEM SEM ESTILO!

Dizem por aí que eu não tenho estilo, que homem precisa ter estilo etc e tal. Ora, eu tenho estilo sim, tenho o meu estilo. Onde está escrito que para ter estilo tem que ser igualzinho aos demais? Quem pensa ou diz isso não captou ou não cativou o melhor de mim, aí já não é culpa minha, é um problema de competência ou de sensibilidade. Quando tinha uns dez ou doze anos ouvi exatamente o contrário. Foi a mãe de um coleguinha: "Você é um menino diferente. Você tem uma coisa que não sei dizer, mas tem algo diferente”. Engraçado que o filho dela era um menino muito bom, um dos melhores da escola, muito comportado, mas ela viu isso em mim, não sei baseada em quê, isso me deixou pensativo e feliz, pois ela não disse que eu era melhor, disse que eu era diferente, e ser diferente para mim, era tudo. O tempo passou e fui ouvindo de outras pessoas: “Você é um rapaz diferente". Já me perguntaram por que não tenho tatuagens, por que não uso cordões, pulseiras, relógio, estrela na testa, piercing no nariz etc. Porque sou como o vaga-lume, tenho luz própria e brilho a hora que quero, todo poeta tem luz própria, embora já tenha visto poetas que gostam dessas coisas, acontece que eu não gosto, gosto de ser notado da forma que sou. Só para dar um exemplo real e rápido, remeto-me ao tempo de John Travolta, os famosos tempos da brilhantina, quando meus amigos usavam calça preta apertadinha, jaqueta de couro, bota, cabelo baixinho pingando creme e brilhantina, e eu tinha cabelos encaracolados no ombro quase tapando os olhos, jeans desbotado, tênis e camisa larga para sentir o vento no peito. E eu gostava do John Travolta, mas daí querer ficar imitando há uma distância muito grande. Nunca quis imitar ninguém, admiro alguns artistas, admiro muitos escritores principalmente, mas eles são eles e eu sou eu, assim como também não sigo modismos, ondinhas, não me corrompo só porque a tevê mandou. Uma garota da época disse: "Você não é nenhum gatão, mas é o mais legal, o mais divertido... você é diferente. os outros são chatos, tudo igual". Ainda brinquei: "Você quase acertou... eu sou um gatão sim". Ela respondeu: "Tá vendo? É isso que faz você diferente, você não liga para as coisas, faz piada de tudo". Vejam de novo aí a palavra "diferente", uma palavra que vem me seguindo ao longo da vida, isso é bom, é sinal de que não piorei. Sobre o que a garota disse, é fato, não dou mesmo muita bola para a maioria das coisas pelas quais as pessoas morrem e matam. Evidentemente, do meu trabalho eu preciso e levo a sério, ademais, andei e ando esnobando sim um pouco a vida, faço de conta que não vejo, cuspo de lado para a seriedade desse mundo sem graça. Se ter estilo é seguir os padrões que a sociedade impõe, então verdadeiramente eu sou UM HOMEM SEM ESTILO. Porque eu sou livre e as pessoas livres não têm estilo. Elas são felizes como são.
===
( imagem canstockphoto )

9 comentários:

Ivone disse...

Bom dia amigo Carlos, tens estilo sim, todo mundo tem o seu, portanto o que importa é se estás bem contigo, eu adoro a mim mesma, tenho meu estilo, amo estar bem arrumada mesmo em casa, uso tudo o que compro, sem guardar nada,sem apego, acho que por isso nada me falta, não me importo com moda, mas com o que me fica bem, sendo assim, ser diferente é o que todos são, mas nem todos assumem bem essa condição e vivem imitando uns aos outros, acho que é isso!
Amei ler aqui, pois assim conheci um pouquinho mais de sua característica de um bom pisciano do bem, rsrs, pois a inteligência dos que nascem nesse signo é bem acentuada, há os que vão para o mal e outros para o bem, ainda bem que no bem estamos afinando!
Abraços bem apertados!

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Ei Carlos, vim te ler e deixar meu abraço nesse
domingo!
✩Bjins
Catiaho Alc.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Ei Carlos, vim te ler e deixar meu abraço nesse
domingo!
✩Bjins
Catiaho Alc.

Roselia Bezerra disse...

Boa Tardinha, amigo Carlos!
Cada um com seu cada qual... rs...
Também não aprecio imitar ninguém e tenho até dificuldade... sou introvertida no meio de intelectuais pois vejo que querem ser esnobes demais... talvez seja isso... para que?
Bjm muito fraterno

Cidália Ferreira disse...

Excelente texto, o teu! Gostei, como sempre!!

Excelente semana- beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

ॐ Shirley ॐ disse...

Você sabe o que quer,
é autêntico, Carlos. E isso é muito bom.
Beijos!

Élys disse...

Creio que o importante é ser o que se deseja ser. Devemos ser o que somos sem rótulos.
Um abraço
Élys.

Estrela disse...

Olá, amigo Poeta Menino Beija Flor (nem sei mais como se escreve, kkk)!
Tenho certeza que já li esse texto, hein? Tenha um lindo fim de semana!
Beijos!

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Carlos. Concordo com você, amigo.
Estilo é algo extremamente pessoal, cada qual tem o seu, mas a sociedade é severa querendo impor seus valores,inverte e pune a todos que não seguirem o que ela considera estiloso.
Somos o que somos, não devendo copiar ninguém.
Devemos estar satisfeitos conosco em primeiro lugar.
Se é para querer ser como alguém, que sejamos como nós mesmos numa versão bem melhor e amadurecida.
Belo texto.
Tenha um excelente final de semana.
Beijos na alma.