ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

FELIZ ANO NOVO!!!



Não vou me alongar muito, afinal teremos o ano todo para nos afagarmos, pois penso que afagos têm que ser o ano todo, mas é normal dizermos algumas palavrinhas na véspera da virada. Agradeço a todos que estiveram comigo em 2014, que me leram, que me toleraram em algumas brincadeiras, que me perdoaram quando fui chato, que riram junto comigo , que me ampararam, principalmente na despedida de minha mãe. Nunca fui muito de ficar planejando o ano seguinte, o que eu procuro é estar pronto para o que der e vier, sempre tive muita fé em Deus, e isso me facilita muito a lidar com o dia a dia, mas 2015 para mim chega com muitas expectativas boas. O que eu garanto é que num ponto, 2015 não vai ser diferente de todos os anos de minha vida: Valorizar as amizades, vou rezar muito, escrever muito:  essas são as três coisas que me embalam.

Só peço uma coisa: Sejamos mais crianças!

FELIZ ANO NOVO PARA TODOS!!!
===============================

2015 EU QUERO ASSIM...
Fale-me qualquer palavra
em qualquer língua, estranha ou conhecida,
mas que celebre a vida.
Ou cante qualquer canção,
moderna ou antiga
que me faça uma noite tranquila e uma manhã amiga.
O tom, tanto faz,
mas que seja de paz.
Conte-me qualquer história
de fadas ou real,
mas que seja do bem com toda a glória
vencendo o mal.
Fale-me de pessoas na praça
achando graça, se abraçando de graça.
Fale-me de momentos, mas que tenham sentimentos
regados no jardim dos bons pensamentos.
Fale-me filosofias, profecias, poesias
que toquem os anseios meus
e plantem em mim definitivamente o amor.
Fale-me de algo superior,
mas que me lembre Deus.

3 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Texto maravilhoso!

Desejo um ano de 2015 cheio de prosperidade, amor e paz.
Beijinhos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

✿ chica disse...

.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._
Lindo,Carlos! Sejamos mesmo crianças!
Desejo um ano novo cheio de saúde, alegrias ,amor e PAZ! bjs, chica

.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.:*~*:._.

Sonia Amorim Neto disse...

Vou falar das metas para 2015, do desejo de realizar sonhos, e de fazer de 2015 um ano muito melhor que 2014...

Metas para 2015
Realizar um sonho antigo,
perdoar,
purificar a alma,
amar mais e mais,
seguir em frente,
o para trás deixar pra lá...
encontrar consigo mesmo,
num momento qualquer
perdido num espaço de tempo
onde só tenha fé, amor, e prosperidade...
Ah...querer mais e mais sonha!
Se vestir do manto da paz,
acordar todos os dias sabendo
que a vida te quer e te deixa escolher
seus caminhos.
Agradecer mais a Deus...
Se permitir ser o que eu sempre foi
sem jamais ter que mudar
o rumo da sua história.
Riscar para sempre do seu livro da vida...
o pessimismo, a falta de coragem, o desamor...
Ah...viver só de AMOR!!!!
Sônia Amorim