ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 3 de dezembro de 2011

RECICLAGEM



Chega dezembro e é quase invevitável fazer uma reciclagem do que se passou, embora eu nao goste muito disso, pois reciclagem tem uma tendência mesmo que suave de nos levar ao passado, e passado, se a gente deixar tomar conta e a gente se esquece do futuro, e o que é pior, esquece até do presente, esse sim o mais importante. Esse ano de 2011 foi atípico para mim, embora pensando assim rápido quase todos os meus anos foram assim, temperados de extremos, de divergências e convergências, de alegrias e tristezas. Estive no olho do furacão, lutei sozinho contra muitas coisas, mas isso foi bom, testou minha resistência e depois de alguns arranhões posso afirmar que me saí bem, mas teve momentos que quase fraquejei. O furacão ainda não passou todo, ainda joga umas rajadas de vento no meu peito que me assustam um pouco, mas o que seria de um pássaro se não fosse o vento? Sendo assim, uso o vento como impulso para meu próximo voo, ainda que turbulento. Sobre trabalho, foi tranquilo, não trabalhei muito esse ano , eu que vinha havia seis ou sete anos sem férias, nesse fiquei bem folgado. No próprio trabalho teve alguns desafios e eu os superei. Na parte literária, com certeza esse foi meu melhor momento quando lancei meu livro. Nâo vou me apegar a detalhes, apenas digo que foi muito bom e por mais que eu tenha me preparado para o dia, foi muito mais emocionante do que eu pensava. Tive algumas decepções, justo quando eu mais precisei, pessoas próximas que diziam gostar de mim, sumiram. Infelizmente enfrentei hipocrisia, cinismo, inveja, quanto mais falo contra essas palavras, mais elas me perseguem. Fui deixado de lado no meu melhor e no meu pior momento. Na hora de comemorar olhei ao lado e as pessoas não estavam. Na hora do apoio, olhei de lado e as pessoas estavam. Não para ajudar ou apoiar, mas para julgar, condenar , rir, execrar. Estou falando mais especificamente do meu livro, houve um boicote cruel, típico de gente mesquinha que até então caminhava comigo e torcia para meu grande dia. De tudo tiro algo bom, meu coração tem uma peneira que separa o joio do trigo, e na hora certa, sobre ela só ficarão as verdadeiras amizades, o resto vai para o lixo. Em termos gerais, considero que o ano foi bom, Deus, o único que tem o verdadeiro poder e discernimento de julgar, tem me ajudado como sempre, sabendo de minhas fraquezas, mas também de minhas virtudes, pois Ele também tem uma peneira que separa o bom do ruim. A grande notícia é que estou preparando o lançamento de mais dois livros para 2012, é isso que me move: A poesia, e nada vai me tirar isso, nem a inveja, nem a hipocrisia, ela é meu escudo e alento contra sentimentos negativos. Viva Deus! Viva a poesia! Viva Carlos... esse garoto sonhador, que carrega dentro de si a a difícil utopia de um mundo mais fraterno, com menos sentimentos ruins.

22 comentários:

Talita disse...

que tudo seja novo em janeiro...
mais um ano para aprender, viver, crescer...bjs

✿ chica disse...

Viva mesmo o poeta, escritor que está em ti e não vai se abalar com nada. Vai seguir em frente, transformar sentimentos ruins e coisas boas,isso é legal!!!Vamos que vamos sempre,né? abração, sucesso!chica

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia meu menino beija-flor!
Nossa! Que desabafo hém...faz bem quando podemos jogar fora tudo que nos encomoda...e o mais engraçado que sempre procuramos nos reciclar no final de cada ano,onde devemos reciclar todos os dias,nos policiar todos os dias com o nascer do sol...
Mas como nada está perdido nem para se perder,vejo no final deste relato,uma coisa linda,nascida do seu íntimo,quando vc diz.
"A grande notícia é que estou preparando o lançamento de mais dois livros para 2012, é isso que me move: A poesia, e nada vai me tirar isso, nem a inveja, nem a hipocrisia, ela é meu escudo e alento contra sentimentos negativos. Viva Deus! Viva a poesia! Viva Carlos... esse garoto sonhador, que carrega dentro de si a a difícil utopia de um mundo mais fraterno, com menos sentimentos ruins. "
É isso ai querido,vamos em frente pq o coração do escritor não pode se lastimar,ele tem que viver de bons pensamentos.E vc tem todas as armas para se livrar dos invejosos...
Te admiro desde o dia que me fiz seguidora...sempre te busquei para ficar pertinho de ti...muitas vezes vc me obedeceu e na maioria das vezes vc fugiu,mas eu nunca deixei de te visitar,pois o verdadeiro amigo não cobra e nem espera que o outro chegue primeiro...por isso que nunca esperei vc ir no meu cantinho para eu poder vir no teu e nem dos outros sguidores...quando sinto vontade e saudades eu vou mesmo,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Amei seu depoimento,pois vejo que tem muita gente vivendo tudo que vc descreveu,mas nem tem palavras para deixar escrito...valeu meu menino beija-flor...estou por ai,kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bjs para aquecer teus dias!

Pelos caminhos da vida. disse...

Que 2012 venha com muitos e muitos sucessos para vc Carlos.

Bom domingo!

beijooo.

Carla Fernanda disse...

Viva Carlos!!
Já que não podemos ensaiar para viver, vamos assim desse jeito que sabemos.... poesia e amor sejam nossos escudos contra o mundo escuro...

Beijos!

Everson Russo disse...

Muitas vezes o dezembro é triste por isso, por essa reciclagem,,,por poucos sonhos realizados..mas vamos recomeçar e tentar tudo outra vez...abraços de boa semana pra ti meu amigo...e hoje,,,será que ficamos na primeira? vamos torcer....mas tá complicado...

Hana disse...

Amigo meu, em tempos difíceis, se estamos rumo ao norte, que a sabedoria nos leva para o sul. Tempos difíceis nos faz valente, sei do que falo, pois matei alguns leões por dia este ano, falo do terremoto e tsuname no Japão, por conta disso tive que deixar uma vida linda lá, mas em fim, hoje entendo o pq de tudo.
Superação sempre amigo meu, força e coragem que nos torna com uma casca que daí em diante, qualquer flecha que venha, ela bete no vazio e não nos afeta.Acredito em sua sabedoria infinita, de cada dia mais ser valente para os aprendizados pesados que possa vir, espero realmetne que não venha.
Quanto a reflexão, retrospectiva pessoal, temos que todos os dia fazer uma reciclagem pessoal, íntima, jogar fora o que não deu certo, deixar o novo entrar, e o novo sempre entra se nos abrirmos para tal.
Se fizermos reflexão do ano todo nada muda, e nos deprimimos por lembrar momentos ruins, então todo dia é dia de reflexão, ao menos eu faço assim, com o diria Elis Regina nem sempre ganhando nem sempre perdendo, mas aprendendo a jogar.
Tenha um lindo domingo, adorei seu texto, tbém aprendi muito com sua força.
Com carinho
Hana

Sueli disse...

Estou voltando à Blogosfera aos poucos, meu amigo, e aos poucos vou atualizando minhas visitas. Li com atenção o que escreveu e só gostaria de lhe dizer que não deve se importar com o abandono dos outros, seja no momento em que mais precisava ou em outro momento qualquer. A vida é assim mesmo. Isso acontece porque é necessário acontecer. É a única forma de manter você do seu lado. A cada abandono alheio, mais percebemos que é só com a gente mesmo é que podemos e devemos contar. Fique triste somente o dia em que acontecer o auto abandono. Esse, sim, é cruel e pode ser derradeiro. Mas, enquanto você estiver inteiramente consigo, sem "precisar" de qualquer apoio de outrem, nada poderá contra você. Um grande beijo!

Anne Lieri disse...

Carlos,eu só tenho que te dar os parabéns pelo seu ano!Não sei de nada da sua vida, é verdade,mas sei do seu livro que amei e recomendo a todas as pessoas!Saiba que torço por vc e desejo sempre muitas felicidades e grandes realizações!Bjs e meu carinho sempre!

。♥ Smareis ♥。 disse...

Essa reciclagem as vezes nós dói um pouco., mas o importante é tentar de novo. Desejo sucesso nos livros em 2012.Deixo um beijo grande e desejo de um ótimo começo de semana . Abraço!

Everson Russo disse...

De alma lavada meu amigo eu desejo uma bela segunda pra ti...abraços.

Eliete disse...

Carlos, você é um poeta, daí seu coração é puro e verdadeiro.Apanha mais ,mas tb vive mais intensamente. É tão bom saber que ainda tem pessoas que falam de seus sentimentos sem culpa ou vergonha. Seja muito feliz.bjs

Louise Oliveira disse...

Ah, menino. Obrigada por seu comentário. Vc foi um amor! Obrigadaaaaa!!! Mas vc tb adoro os seus pensamentos.
Valeu pela amizade. Bjs! Lu

Severa Cabral(escritora) disse...

Passando para deixar desejos de um belo alvorecer!E que estejas dormindo neste momento e que os anjos estejam a te velar...
bjs

Vivian disse...

Olá,Carlos!!

Puxa poeta...foi complicado em?!!
Mas que bom que seu coração vai mostrando o caminho!!Faz muito bem em concentrar na sua poesia, ela é você, então está no caminho mais que certo!!!Infelizmente nem todos sabem compartilhar a felicidade alheia, e acabam fermentando a inveja!Que chato!O mais triste é constatar que alqueles que se diziam amigos, no fim não eram...estou com um probleminha assim com o meu filho,se decepcionou com uns coleguinhas, que pensou ser amigos...é complicado e meu filho é bem sensível(tem 10 anos),conversei bastante,mas doeu...com o tempo vamos aprendendo a ver quem realmente é amigo!
Boa sorte tá?!!Tudo de bom pra ti!!
Sucesso!!!!

Evanir disse...

Querido Amigo amei sua postagem .
Você colocou a alma em tudo nessa tremenda reciclagem do ano que breve chegara ao fim deixaste algo maravilhoso para todos nos.
Seus livro que ainda não adquiri
espero poder fazer isso antes que o ano acabe tenho que entregar 2 livros prometidos no meu blog estou correndo ver onde vou primeiro.
O meu vai demorar um pouco vai para revisão e registro creio que entre tudo demora até março.
Um beijo e meu carinho.
Evanir

Machado de Carlos disse...

Ao relembrar o passado, devemos tirar da lembrança uma soma para que possamos gerenciar o futuro.
Os desenhos continuam sempre no presente, para que sigamos novos caminhos!

Abraços, Grande Amigo.

Severa Cabral(escritora) disse...

Hoje vim trazer um convite especial.
vá no meu cantinho comungar comigo da minha vitória da qual vc tbm faz parte.
bjssssssssssss

Orvalho do Céu disse...

Olá, Carlos
Tenho lutado também pela paz e bem por aqui... vamos sempre nos unindo em prol do Bem...
Abraço fraternos de paz

Evanir disse...

Amigos são especiais ..
e mais especiais são aqueles que são amigos para sempre.
Assim como uma frase popular
Um amigo na necessidade de um amigo de verdade,
assim que deixar o seu amigo que sabe o quanto eles são importantes para você e você será sempre sua,
quando eles precisam de você .
Apenas como um amigo para Sempre.
Estou seguindo -te e te amando .
Convido a ler minha postagem.
Deixando meu eterno carinho.
TEm um mimo de Natal para você na lateral do blog.
Bjs no coração..
Evanir

Anne Lieri disse...

Carlos,passando para reler seu texto excelente texto e agradecer sua visita lá na entrevista do Everson!Ele ficou contente com sua presença tb!Vc escreve com o coração e com autenticidade, daí o sucesso de seu livro de poesias que me encantou e de seu blog tb!Bjs e felicidades!

Edna Lima disse...

Mais um ano findando e o que não vingou serviu de aprendizado.
Nunca cansamos de aprender.
Reciclar nada, novos desafios virão e e passarão também.
Boas Festas!
Edna.