ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

MENINO FELIZ


( imagem recantodasletras.uol.com )
Eu acredito em anjos, em duendes e fadas.
Acredito em Deus e nos seres humanos.
Acredito nos meus planos.
Minha rua é encantada.
Amo a noite e o arrebol.
Irmão da lua e do sol.
Eu acredito na sorte.
Ando sul e norte chutando lata, brincando à toa.
Meu sorriso ecoa... contagia.
Acredito na vida, acredito na poesia..
Empino pipas e aviões,
enfeito avenidas e corações.
Bola de meia, bola de gude.
Se alguém não me amou, fiz o que pude.
Acredito no aperto de mão vencendo o canhão.
Acredito na nova tentativa, na alternativa, no recomeço.
Acredito que a paz não tem preço.
Compreendo a inconstância dessa roda gigante
Desse vaivém, dessa gangorra
Respeito o espinho e o perfume de uma flor.
E por mais que se mate e se morra,
eu acredito no amor.
Doce destino!
Eterno menino, alguém me diz.
Mas é por tudo isso que ainda me sinto,
um menino feliz.

6 comentários:

Fatima disse...

Muito lindo Carlos!
Eu tb acredito em tudo isso.
Bjs.

Solange Maia disse...

Carlos,

Definitivamente és um menino feliz !!!

E feliz estou também, por poder te ler sempre...

Beijo,

Solange

Adriana Loh disse...

Seu poema contagia!! Talvez sejamos todos crianças, crianças grandes - disfarçadas. Adorei ler o poema ouvindo a música. Gostaria de adicionar no meu blog. Por favor, me dá uma mãozinha??

Ni ... disse...

E que continue sempre um menino feliz...

Beijo

Princesa disse...

Carlos
obrigado pela visita ao meu cantinho

A vida se torna uma festa quando sabemos desfrutar das coisas normais do dia-a-dia.
um beijo

CelyLua - O blog das Letras disse...

Poema repleto de palavras que iluminaram meu espírito.
Tuas palavras encantaram minha mente.
Também acredito em tudo isso, e, amo me sentir também uma menina que sonha sorrindo acreditando que sou feliz...
Tua inspiração é divina...
Aplausos!!
Adorei conhecer seu blog, tudo aqui é fantástico, parabéns!
Deus te abençoe.
Beijos de poesias.
Com apreço,
CelyLua, Amiga e fã da sua brilhante inspiração...

Muito obrigada!