ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sábado, 4 de fevereiro de 2017

OLÁ, MOÇO DO DISCO VOADOR...




Em 1974, Raul Seixas que tinha um senso crítico principalmente social, muito apurado,  gravou essa música como quem pedia socorro:  “Ô, moço do disco voador, me tira daqui, me leve embora, aqui está ruim demais”.  Elis Regina cantou: “Alô, alô, Marciano. Aqui quem fala é da terra pra variar estamos em guerra”. Não pensem que a música de Elis falava apenas de guerra armada, falava de várias guerras, inclusive a hipocrisia  é  uma delas. O Raul estava enganado, o caos é agora. Simplesmente as redes sociais estão me enojando cada vez mais, é claro que não é todo mundo, mas não dá para mais ler reportagens, abrir facebook, twitter, blogs etc. Quem tiver uma anteninha ligada vai saber do que estou  falando, também não vou ser claro porque não quero colocar mais uma pitada nessa confusão. Sobre discos voadores, tive três fases sobre acreditar ou não. Na primeira frase, nos anos 70/80,  infância e adolescência , eu acreditava que existiam, mas tinha um medo danado, pensava que eles viriam para dominar, destruir tudo, escravizar a gente e tudo o mais. Depois passei a desacreditar, pois estavam demorando demais para aparecer, caíram no meu descrédito. Hoje eu vivo a terceira fase, volto a acreditar, na esperança forte de que eles existam sim, que venham dar um jeito nesse “asteróide pequeno que todos chamam de  Terra”, como diz o Zé Ramalho. Por quê?  Porque não creio haver uma raça pior que a raça humana. Tirando raríssimas exceções eu não espero mais nada de positivo do ser humano. Foi Cristo quem disse: “Na casa de  meu Pai há muitas moradas”. Deve haver um lugar melhor. Então eu também estou lançando ao espaço o meu SOS, meu pedido de socorro para que alguma nave desça e me leve, pois, definitivamente eu penso que eu não sou daqui, às vezes penso que  fui deixado aqui por engano. Eu prefiro ser chamado de alienígena a ser chamado de alienado. E cá pra nós... esse mundo já passou da hora de acabar.

5 comentários:

Cidália Ferreira disse...

E como sempre; Maravilhoso!! Amei

Beijo. Bom fim de semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ivone disse...

Meu amigo pisciano, claro que entendi muito bem do que falas quanto as redes sociais, os comentários nos jornais, o pior de tudo, muitos que agem assim não saem de igrejas, vão rezar, aí pergunto, para quê? Para pedir perdão e de novo cometer os mesmos erros?
Fico indignada, nunca comento nada, pois se o fizesse diria tudo o que me vai na alma, assim como você, tenho uma visão transcendental do mundo e da vida, não julgo, mas sinto as coisas ruins, não gosto de sentir essas energias ruins, faço de tudo para me blindar, me blindo e aí dizem "és alienada", não sou, sou é muito antenada, o mal dos que pensam é isso mesmo!
Somos alienígenas meu amigo, mas no fundo é bom, pois o que importa é nossa consciência, elas estando limpa o resto é o resto, mas olhe, te entendo e como te entendo!!!
Abraços bem apertados!

Smareis disse...

Pois é poeta eu entendi tão bem o que escreveu que já não tenho rede sociais faz tempo. Eu sempre digo isso. Que não sou desse mundo, meu pensar e meu agir é tão diferente das pessoas...
São tantas hipocrisias, mentiras, falsidades. Deus deve estar muito triste em ver sua criação dessa forma. Também acho que já está na hora desse mundo virar pó. A humanidade não tem conserto.

O ES esta sendo depredado pelas bandidagens. Desde sexta a noite meu Estado todo está parado devido a greve de policiais. Nesse momento só se encontra nas ruas bandidos roubando e quebrando as lojas. Moto de bandido fazendo rondas nos bairros. Estamos presos em casa sem poder sair pra rua desde sexta a noite. O comércio, banco, esta fechado desde sexta a tarde. Se sair você e roubada , pega o carro, moto e todos seus pertences. Se sair a pé você pode levar um tiro ou tomar uma surra por estar desobedecendo as ordens dos bandidos. A gente não tem quem pedir ajuda. Não existe policiais nas ruas. A minha cidade, meu Estado precisa de ajuda. Acho que nem a forna nacional vai conter esses bandidos. É muito triste ver as lojas sendo quebrada e saquiada. Os carros que estão estacionado na rua estão sendo quebrado.
Estamos todos ansioso para que essa tarde o governo aceite a proposta das mulheres dos policiais. São elas que estão fazendo a greve. Se os policiais fizer greve eles são presos, então apelaram para as mulheres.
Esse mundo esta dominado pela força do mal. Só Jesus Cristo pra fazer algo pela população.

Boa semana!!!
Um beijo!

LUCONI MARCIA MARIA disse...

Aplaudi este texto no face e tive o prazer de reler aqui em tua casa, muito bom estar de volta, demorei a chegar porque não estava conseguindo comentar nem no meu blog, agora após uma semana de luta, consegui, Saudades amigo, bjos

Arte & Emoções disse...

Olá Carlos! passando para agradecer a tua visita e gentil comentário deixado no nosso Arte & Emoções, bem como informar do meu retorno a esse maravilhoso mundo virtual.

Quanto ao post, concordo plenamente contigo. Eu, particularmente, já com 74 primaveras nas costas, não temo por mim, mas sim, pelo futuro dos meus filhos e netos.

Abraços,

Furtado