ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

O QUE É BOM REPETE


( imagem google )
Já repararam que tem coisas que a gente não consegue fazer só uma vez? Ou comer só um? Ou só um pouquinho? Vamos aos exemplos. Menino quando joga bola, gosta de jogar o dia todo. Ele não para enquant o a mãe não chama ou arrasta. Você consegue comer só uma pipoca? Você se satisfaz com um só picolé? Da mesma forma o sorvete. Jabuticaba. Uva. Você fica satisfeito chupando só uma manga? E aqueles salgadinhos chips que muita gente fala que não gosta, mas quando começa não sobra um no saquinho? Chocolate engorda... e daí? Vai comer um só? Duvido. Ah, eu poderia citar muitos exemplos de delícias da vida que a gente pede bis... mas vou parar na principal. Mais que o picolé, que o salgadinho, que a manga e a pipoca... é o amor. Alguém quando está na plenitude do amor, consegue fazer amor apenas uma vez? Claro que não, porque o que é bom repete. Agora me deem licença que vou ali comer umas pipoquinhas he he.

20 comentários:

olhar disse...

Carlos, meu querido!Saudades de você!!!
ADOREI!ADOREI!ADOREI como escreveu aqui...e principalmente sua saidinha à francesa...vai mesmo...vai comer "pipoca"!!Hehehehehe!E tem coisa melhor???

beijos no coração!!

Bia

Everson Russo disse...

Acrescento a tudo ai meu amigo,,,fazer amor,,,ai,,,quando a gente tá numa madrugada promissora,,,com uma pessoa especial,,,haja hora,,,minuto,,,segundo,,,que pare o tempo,,,é como pipoca, chocolate,,,bola,,,tudo que é bom,,não dá pra ser uma vez só...rs..rs...abraços de bom final de semana pra ti,,,bom te ver assim,,,já em alegrias,,,mesmo depois do susto....

Stella Tavares disse...

É mesmo impossível não pedir bis.Adorei o texto e a comparação tão exata. Fiquei um longo tempo afastada por não poder digitar, mas agora estou de volta, postando, visitando e me encantando com os blogs dos amigos.
bjs

ValeriaC disse...

É meu querido, voce tem toda razão...rsrsr...
Tenha um ótimo final de semana amigo e repita tudo o que for bom e faça sua vida ser muito feliz...beijos...
Valéria

Enigma disse...

Saudades do meu amigo Carlos,

Pensei que você fosse sair para fazer amor... Ohhhhh : O Brincadeirinha: ) gostei muito do post... Pipoca, chocolate, sorvete e amor... Amo muito tudo isso!!

Beijos com carinho e amizade*¬

Eduardo Medeiros disse...

E aí, amigo, tudo bem?

Olha, é a pura verdade. Dá prá comer só uma pipoca?? rsssssss gostei muito disso...

Não dá prá amar só um pouquinho. O amor tem como essência a plenitude.

abraços e força.

Silene Neves disse...

Grande verdade!

Que seja sempre possível ir ao encontro daquilo que nos faz bem! Que seja possível repetir sempre o amor em nossas vidas feito e sentido em plenitude!

Agradeço pela visita e pelas palavras que deixou lá!

Lindo fim de semana!
Deixo meu beijo
Com carinho
Sil
Sempre aqui

Kéfhane disse...

Cheguei aqui atraida pelo "menino beija-flor", tenho uma longa história com beija-flores.

Adorei o texto! Vou voltar!

Marilu disse...

Querido amigo, vim agradecer a visita, você é sempre muito bem vindo. Tem coisas na vida que realmente não conseguimos comer um só...e para mim a tal a pipoca é uma delas. Faço um pacote e como tudo sózinha, odeio dividir pipoca..rsrs...Tenha uma lindo final de semana. Beijocas

Jorge disse...

Ah!!! O Amor!!!!
umas pipoquinhas vai bem mesmo, né?....rs


Abração, Poeta Luminoso!

Elaine Barnes disse...

Estava morrendo de saudades dos seus poemas e textos. Vou já estourar umas pipocas rs...
Amigo não estou tão bem qto gostaria,mas, lutando muito pra ficar. Montão de bjs e abraços

Chris Amag disse...

Olá, Carlos...

Isso que é um texto gostoso de ler!!! E deve se repetir para nos presentear com a sua arte.

Saudade...

Obrigada pelo carinho,
de quem lhe admira
Chris

Fatima disse...

Cê tá ficando danadinho heim menino!!!!
Bjs.

Pelos caminhos da vida. disse...

Adoro pipocas e não consigo comer uma só e sim uma vasilha bem gde, pensando bem o que acha de comer uma pipocas agora? É o que eu vou fazer.

Obrigado Carlos pela sua companhia.

Fim de semana de luz.

beijooo.

Majoli disse...

Eita, mas não é que esse meu amigo mineirinho foi lá no canto bem quietinho comer sua pipoquinha...rsrsrs
Amei por demais meu querido.
Fiquei a sorrir, parece que te sinto bem, que isso seja sempre, sempre.
Fique com Deus.
Se cuide meu amigo.
Beijos no teu ♥

Não exagera na pipoquinha...hehehe.

José disse...

Amigo Carlos, Você tem toda a razão,
em tudo o que refere aqui,mas as pipocas, e o amor é o que eu gosto mais de repetir.

Um grande abraço,
José.

Hanukká disse...

Olá, passei pra desejar um abençoado fim de semana e dar-te um abraço de paz.

Senhor Deus
agradeço pelos vales
por caminhar comigo neles
pela fé que me dás
pelo amor, e pela graça
Senhor Tu sabes...
mas eu sei
que em Ti posso todas as coisas
porque és Deus fiel,
força e vida vem de Ti

Everson Russo disse...

Um belissimo sabado pra ti amigo,,,abraços de paz.

Rosa dos Ventos disse...

Exactamente!
O que é bom é para repetir! :-))

Abraço

JoeFather disse...

Olá meu amigo!

Também estava com saudade e vou aproveitar esse final de semana que estou finalmente um pouco menos abarrotado de coisas para resolver e assim colocar várias leituras dos amigos em dia!

E, tal citado em sua bela crônica, ler e escrever também para mim seguem na mesma linha de raciocínio do amigo: quando se começa não se quer parar!

Creio que essas atividades e muitas outras são de certa forma incontroláveis porque nos fazem bem, principalmente àquelas onde o amor está presente...

Agradeço por todas as palavras recebidas do amigo em todas as épocas, sempre demonstrando existir um Carlos Soares único, sensível, daquelas pessoas que são feitas e a fôrma é jogada fora, não existem dois!

Aproveito para parabenizá-lo pelo excelente bom gosto na música de fundo escolhida para o blog, nostálgica ao extremo... Bons tempos!

Abraços, vários, todos renovados!