ESCREVER É DIVINO!

ESCREVER É DIVINO!
BONS TEMPOS EM QUE A GENTE PODIA VOAR. ERA MUITO BOM SER PASSARINHO.

CAMINHOS DE UM POETA

CAMINHOS DE UM POETA
Como é bom, rejuvenescedor e incentivador para o poeta, poder olhar para trás e ver toda a sua caminhada literária, lembrar das dificuldades, dos incentivos e da falta deles, da solidão de ser poeta e do diferencial que é ser poeta. Olhar para trás e ver tudo que semeou, ver uma estrada florida de poesias, e dizer: VALEU A PENA! O poeta vai vivendo, ponteando, oscilando, e nem se dá conta da bela estrada que escreveu. Talvez ele não tenha tempo porque o horizonte o chama, e o seu norte é... escrever... escrever... escrever. Olho hoje para trás... não foi fácil, mas também ninguém disse que seria. E eu sabia que não seria, ser poeta não é fácil, embora seja lindo. Contemplo a estrada que eu fiz, e digo com orgulho quase narcisista: Puxa... como é linda minha estrada!

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

SÓ UM POETA SÓ!

 

Talvez eu seja assim…
Ora Coruja, ora Beija-Flor.
Um dia, perfeita aquarela,
no outro dia, sem cor.
Por mais que a rua seja bela,
nela não vejo o amor.
Talvez eu seja assim…
Às vezes, menino sonhador
Às vezes, homem que em nada mais acredita,
talvez eu seja um eremita,
caça e caçador de uma solidão escolhida, acolhida,
disfarçando tudo que é dor.
Talvez eu seja assim…
vagalume que brilha quando quer,
emergindo da timidez em qualquer rua, numa noite sem lua.
Confuso nas pétalas do mal-me-quer, bem-me-quer,
o amor na palma da mão se desfolhando em desilusão.
Talvez eu tenha a coragem de Davi,
Talvez eu tenha a paciência de Jó.
Talvez eu seja um pouco de tudo isso.
Talvez eu não seja nada disso.
Talvez eu seja só um poeta só.
-

( imagem manausolimpica.org – Google

15 comentários:

chica disse...

Lindíssimo teu poema e tu és um grande poeta,Carlos!
abração, ótimo dia e tudo de bom! chica

" R y k @ r d o " disse...

Se calhar todos nós que escrevemos , muitas vezes, nos sentimos assim. Poema lindíssimo. Deixo o meu elogio.
.
Abraço poético
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

ValeriaC disse...

Uauuuuuuu que poema sensacionallllll!!!!
Carlinhos, que inspiração sublime... é amigo, acho que todos nós, somos um pouquinho de cada jeito que você descreve no seu poema, me vi no seu poema, vi mais pessoas que conheço, neste seu poema também... de tudo o que você disse, eu desejo que você seja um Poeta feliz, que tenha o melhor na sua vida, que ser for pra ser só, que seja por escolha, que você viva a vida como a mais feliz poesia.
Adorei ler seus versos!
Doce dia amigo, um abraço
Valéria

lua singular disse...

Oi Carlos,

Você escreve tão bem, até editou um livro: coloque o livro no seu blog para conhecermos e o preço também, ou já não tem mais nenhum.
Gosto muito de ler.
Tenho uma enciclopédia, a qual e me delicio e diz a verdade se o homem foi ou não à Lua.
Beijos no coração
Lua Singular

lua singular disse...

Carlos, não sei usar esse aplicativo novo
Quanto custa e você me manda por correio
Coloque aqui a sua conta de Branco. copio e apago o comentário
Beijos
Lua Singular

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Carlos. Um belíssimo poema. Somos um pouco de tudo mesmo. Passamos as mais diversas fases da vida, nela está o poeta em nós. Não tem como ser só feliz ou somente triste. Existem poetas tão imersos na sua profundidade quas

Patrícia Pinna disse...

Quase nunca separando os dois. Somos poetas e somos tristes. A felicidade é um pincelar no Céu sobre as nossas mazelas.
Parabéns.
Beijos na alma. Fique com Deus.

Roselia Bezerra disse...

Talvez eu tenha a paciência de Jó.

Boa noite de muita paz, amigo Carlos!
Um poeta tem um quê de mistério...
Bem sabemos que não é alegre nem triste...
Um poema instigante.
Ser eremita é a solução para muitos de nós. A criatividade aflora e preenche nosso espírito de boa companhia.
Tenha dias abençoados!
Abraços fraternos de paz e bem

Marli Soares Borges disse...

Yessss! Um poema perfeito, Carlos! aliás, não é novidade, pois poetar é com você!
Adorei. Super inspirado. A gente "somos" assim mesmo, de fases, como diz Clarice, e você descreveu tão bem no seu poema. Todos nós estamos nos seus versos.
E parabéns por ser "só um poeta". E que poeta!
Bjs, Marli

Daniela Silva disse...

Olá amigo,

ser só poeta também é muito bom. Escrever poemas lindos assim não é para todos.
Eu, por exemplo, não tenho jeito para escrever poemas. Beijinho e bom fim de semana

Maria Lucia (Centelha) disse...

Penso que os poetas são sós. O mundo psíquico deles é diferente dos demais mortais. Eles possuem a sabedoria da coruja e a doçura de um beija flor.
Lindo poema.
Beijinho com sabor de mel

Juvenal Nunes disse...

O poeta é só no momento da criação, mas mesmo aí está no centro das suas vivências.
A sua companhia é a dos leitores dos seus textos.
Abraço amigo.
Juvenal Nunes

Maria da Graça Reis disse...

Um poeta é tudo isso e muito mais. Que lindo! Abraços

Jeanne Geyer disse...

que máximo esta poesia, amigo, não é fácil ser poeta, poucos curtem e poucos entendem as profundezas onde tu mergulhas. Andei beeeeem afastada daqui, mas vamos retomando, bjs

CÉU disse...

Um poeta e tanto, Carlinhos. Obrigada por tão belo poema.

Beijos e bom domingo.